Clube

Traquinas B – onde o Jogar é fundamental.

18 Janeiro, 2017. 13:57

JOGO – TREINO

FC Barreirense Traquinas B 2009 EF Quintajense Traquinas 2008

Na manhã de sábado, do dia 14 de Janeiro de 2017, pelas 10 horas os nossos

atletas do escalão de Traquinas B (2009), realizaram um jogo de treino (7×7),

contra a equipa da EF Quintajense (2008). O jogo teve uma duração de 50 minutos,

de duas partes, onde os nossos atletas mais uma vez realizaram um jogo com muita

entrega e empenho, contra uma equipa de 2008, os mesmos nunca se

inferiorizaram e encararam o encontro de igual para igual. O resultado no final não

espelha totalmente o que se passou em campo, pois em alguns momentos do

mesmo encontro a equipa adversária superiorizou-se simplesmente na sua eficácia

e concentração.

FC Barreirense Traquinas B (2009) 3 8 EF Quintajense (2008)

FC Barreirense Traquinas B (2009) Seixal Traquinas (2009)

Na tarde de sábado do dia 14 de Janeiro de 2017, pelas 14 horas, os nossos

atletas do escalão de traquinas B, realizaram o seu terceiro jogo do torneio

Friends Cup 2009 (5×5), contra a equipa de traquinas do Seixal. O jogo teve uma

duração de 40 minutos, de duas partes, salientando-se no encontro a

superioridade da nossa equipa perante o adversário, o que não se consegui

traduzir em golos no final principalmente por alguma apatia de alguns dos nossos

atletas.

FC Barreirense Traquinas (2009) 2 2 Seixal Traquinas (2009)

 

JOGO – TREINO

Traquinas B 2009 (FCB) Aprendizagem 1 (FCB)

Na manhã de domingo, do dia 15 de Janeiro de 2017, pelas 10h30 os nossos

atletas do escalão de Traquinas B (2009), realizaram um jogo de treino (7×7),

contra uma das nossas outras equipas do escalão da Aprendizagem 1. O jogo teve

uma duração de 75 minutos, de três partes, onde os nossos atletas defrontaram um

escalão mais robusto fisicamente, mas nunca desistiram de lutar até final na busca

de se alcançar o melhor resultado possível. O encontro foi disputado a 3 partes,

tendo-se nas duas primeiras obtido um nível bastante razoável de desempenho em

campo, não se conseguindo dar continuidade ao mesmo desempenho na última

parte devido às muitas mudanças de posições por parte dos atletas. De reforçar

pela positiva que o encontro no final das duas primeiras partes encontrava-se em

1-4 com vantagem para o escalão da aprendizagem, e na última parte devido às

muitas alterações de posições dos atletas, sentiu-se alguma quebra de rotinas na

equipa, desorganização e quebra física o que levou ao escalão da aprendizagem

ter alcançado mais 4 golos sem resposta por parte da nossa equipa.