Futebol - Formação

Juvenis A – Campeões somente com Vitórias e um Empate – Brilhante

10 Maio, 2017. 09:34

JUVENIS- CAMPEONATO DISTRITAL DA AF de SETUBAL- 1ª Divisão- 26ªJornada- (última)

FC BARREIRENSE 2 Pinhalnovense 1

No jogo da consagração do título os novos campeões quiseram levar até ao fim a luta pelo segundo objetivo proposto que era não sofrer qualquer derrota esta época. Para isso iniciaram este jogo dando a iniciativa ao adversário, permitindo a saída sempre em posse de bola no seu meio campo, mas quando entravam na segunda fase o Barreirense pressionava e quase sempre ganhava a bola, saindo em velocidade pelos corredores onde criava perigo.

Foram do Barreirense os lances mais perigosos da primeira parte que terminou com 0-0.

Na segunda parte o Barreirense subiu um pouco mais a sua zona de pressão, ganhando faltas e cantos e logo chegou ao golo, aos 43 minutos por Gonçalo assistido de cabeça por Coutinho.

O Pinhalnovense reagiu ao golo sofrido, mas o Barreirense a vencer por 1-0 voltou á sua estratégia inicial deixando os visitantes jogar tranquilamente no seu meio campo e logo que estes tentavam entrar no meio campo do Barreirense eram fortemente pressionados e surpreendidos pela velocidade do ataque da casa.

Aos 69 minutos Coutinho faria o 2-0 e a partir daqui o Pinhalnovense entregou o jogo, limitando-se a defender como podia recorrendo muitas vezes á falta para parar os jogadores do Barreirense.

Já perto do final do encontro o Barreirense dispôs de um pontapé de canto que a defesa do Pinhalnovense aliviou para o meio campo do Barreirense onde o guarda-redes Mauro fora da baliza precipitou-se permitindo que o Pinhalnovense reduzisse para 1-2 e ganhasse de novo folgo para discutir os últimos minutos do jogo.

Mas a vitória já não fugiria ao Barreirense que venceu com toda a justiça numa bela partida de futebol disputada pelas duas melhores equipas deste campeonato ganho pelo Barreirense na penúltima jornada com oito pontos de vantagem, sem derrotas e apenas com um empate. Vitória em si muito valorizada pela competitividade que o Pinhalnovense, segundo classificado, sempre impôs nunca facilitando na luta pelo título.

Com boa arbitragem do Sr. Sergio Lobo a equipa do Barreirense jogou com Mauro, Massas (Dudu aos 71`), Chaves (Taveira aos 63`), Paulo, Romão, Coutinho, Balau, Canhão (João Marques na 2ª parte),Jorge Costa (Julien na 2ª parte),Oliveira (Gerson aos 62) e Gonçalo.

Não foram utilizados, Mosca e Mira.

Treinadores: Paulo Filipe, Jose Banastrinha e João de Almeida

Dirigentes: Nuno Duarte, Ivan Bica e Fernando Serrano.

Fisioterapeuta: Tania Reis.