Futebol - Formação

Juniores A vencem em Sesimbra

6 Dezembro, 2016. 14:52

G.D. Sesimbra 0-2 F.C. Barreirense

Campeonato Nacional de Juniores: 2.º Divisão, 11.ª jornada

Local: Sesimbra – Maçã

Piso: Relvado sintético

Tempo: Chuva Intensa

F.C.BARREIRENSE:

Gonçalo Raposo, Nuno Longo, Alcino Afonso, Bruno Figueiredo, João Jacinto, João Pendão, João Falacho, João Lopes, Renato Dinis, André Pimenta, Serhiy Hulevych

Suplentes:

Ricardo Ramos, Tiago Ribeiro, João Xavier, Gonçalo Bettencourt, Diogo Paiva, Vlad Oprea, Miguel Reis

Substituições:

Vlad Oprea por Serhiy Hulevych (80’); Diogo Paiva por João Falacho (87); Gonçalo Bettencourt por João Lopes (89’).

Golos:

0x1 por Renato Dinis (26’); 0x2 por Renato Dinis (61’)

Ação Disciplinar: Amarelo: João Lopes (13’); Gonçalo Bettencourt (90’)

Equipa Técnica: Hugo Ferreira; Paulo Sérgio; Gonçalo Lopes; Nuno Pinto

Massagista: Vanessa Pinho

Dirigentes: João Palma; Paulo Nunes; Rui Santos

11.ª Jornada do Campeonato da 2.ª Divisão Nacional de Juniores, disputado no Complexo Desportivo Municipal da Maçã onde a equipa do Sesimbra disputa os seus jogos em casa. Para além do ambiente hostil que os adeptos da casa provocam em grande parte dos encontros, o temporal que se abateu nesta tarde não fazia prever um jogo fácil.

No entanto, os jogadores do Barreirenses entraram – e mantiveram durante todo o jogo – uma grande entrega, garra e concentração na missão de trazer os três pontos para o Barreiro. Os alvi-rubros controlavam a partida e apesar de não criarem oportunidades claríssimas de golo, não permitiam que os visitados conseguissem chegar com perigo à sua baliza. Até que chegou o primeiro golo do encontro, ao minuto 26, de grande penalidade por Renato Dinis, por mão na bola de um adversário. O Barreirense colocava-se em vantagem no marcador e continuava com o controlo do jogo, sustendo a enorme agressividade que o Sesimbra colocava em campo. Final da primeira parte, contra o vento, refira-se, e o Barreirense ganhava por 1-0.

Na segunda parte a toada foi a mesma, jogo sempre controlado pela equipa Barreirense, sempre mais perto de ampliar o marcador do que permitir a igualdade, até que ao minuto 61, nova grande penalidade desta feita por puxão a André Pimenta quando este ficava em posição privilegiada para fazer golo. Renato Dinis mais uma vez a não desperdiçar. A partir deste momento a equipa do Sesimbra tentou criar perigo através de bolas bombeadas para área mas os jogadores Barreirenses controlaram todas as situações, de salientar que a partir do 0x2 a equipa da casa tornou-se ainda mais agressiva o que levou à expulsão de um jogador.

Final do jogo, resultado justo.

juniores-a-3-de-dezembro-ii